Cervicoplastia é opção para o rejuvenescimento da área do pescoço

0

Palavra-chave: cervicoplastia

Conforme as pessoas ficam mais velhas, o processo natural de envelhecimento associado a fatores genéticos, tabagismo e exposição solar entre outros, causa rugas e flacidez no pescoço, além do acúmulo de gordura. Em um indivíduo jovem a face é firme e suave, com adequada quantidade de tecido adiposo abaixo da pele. Com o passar da idade, a pele começa a sobrar devido à flacidez, a face começa a perder volume e sulcos tornarem-se mais proeminentes. É a aí que entra a cervicoplastia

O procedimento

Também conhecido como cirurgia do rejuvenescimento cervical, foi desenvolvido para reduzir ou corrigir estas condições e dar ao paciente uma aparência mais jovial. Consiste em remoção do excesso de gordura do pescoço, tratamento da musculatura do platisma e da gordura presente abaixo dele, além do reposicionamento da pele.  Dentre as indicações para a cervicoplastia temos a perda da definição do contorno e do ângulo mandibular, as bandas platismais (pregas musculares verticais), a flacidez de pele e o excesso de gordura na região do pescoço e do submento. A cirurgia promove o reposicionamento dos músculos da região cervical e a remoção do excesso de pele e gordura da região inferior da face e do pescoço.

Associação com outros procedimentos

A cirurgia do rejuvenescimento cervical pode ser feita em associação com a Ritidoplastia ou Lifting facial e a Ritidoplastia Frontal, que frequentemente tem sido feita por vídeo endoscopia e trata a região da testa e sobrancelhas. Estas associações serão indicadas após avaliação do paciente, para que obtenhamos o melhor resultado possível.

Frequentemente é realizada associada à blefaroplastia (cirurgia das pálpebras) e a mentoplastia (cirurgia do queixo). Quando na região cervical houver apenas excesso de volume por aumento de gordura, o que geralmente ocorre em pacientes jovens, a lipoaspiração local pode ser indicada isoladamente. Não há idade para indicação da cervicoplastia; a mesma pode ser feita quando os sinais de envelhecimento e alteração do contorno (ângulo cervicofacial apagado) estiverem presentes.

No pós-operatório, os cuidados devem começar desde cedo. Protetor solar,cremes e sabonetes dermatológicos devem se aplicados também nessa região. Essas medidas retardam o envelhecimento e dão à pele uma melhor qualidade. Os resultados da cirurgia nessa área melhoram a aparência te deixando com aspecto mais jovem. Estar com boa saúde e entender o que a cirurgia pode oferecer ao seu caso podem melhorar sua autoestima.

O paciente que fez uma cervicoplastia não deverá se expor ao sol por pelo menos 30 dias, e após esse período somente com protetor solar fator 60. Tomar sol pode marcar permanentemente a cicatriz recente (vermelha) e deverá ser evitado por completo no início, sendo liberado gradualmente e com proteção adequada de acordo com o clareamento (amadurecimento) da cicatriz. Também recomendamos que não faça esforços físicos nos primeiros 15 dias para evitar formação de hematomas.

Caso busque a realização do procedimento, converse com seu médico de confiança sobre as melhores condições para o ato. Estar ciente das suas reais necessidades e dos reais benefícios que ele pode oferecer é fundamental para uma cervicoplastia bem sucedida. Também é indispensável seguir as recomendações à risca. Sua saúde agradece.

Dr. Coracy Carneiro –  Cirurgião Plástico – CRMCE: 9057
Av. Santos Dumont, 5753, Complexo São Matheus – Torre Saúde, 18º andar.
(85) 3025-4440 / (85) 99866-0000
 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here